O portal do Sistema Opinião

POP9

Esportes

rn

No “primeiro tempo” da seletiva da Copa do Nordeste, ABC perde para o Altos em Teresina

Classificação para a fase de grupos da Copa do NE representa mais de 1 milhão de reais para o clube. Na volta tem que vencer por dois de diferença para avançar direto

Maio 2, 2019 às 22:18 - Por:

Ranielle Ribeiro mudou o time e perdeu para o Altos por 1 a 0, pela seletiva da Copa do Nordeste. Foto: Iuri Seabra

Ranielle Ribeiro mudou o time e perdeu para o Altos por 1 a 0, pela seletiva da Copa do Nordeste. Foto: Iuri Seabra

No “primeiro tempo” da decisão de vaga na fase de grupos da Nordeste 2020, o ABC perdeu em Teresina para o Altos por 1 a 0. Ranielle Ribeiro armou o ABC para começo com Edson no gol, Maicon, Maurício, Henrique e Evandro; Valdemir,  Felipe Guedes, Anderson Rosa; Anderson, Hélio Paraíba e Mossoró.

Não era jogo para poupar por poupar ninguém. Classificar para a fase de grupos vale mais de 1 milhão de reais para o ABC e Ranielle sacou Ivan, Luan e Rodrigo Rodrigues, três titulares. Maicon apenas discreto na direita e Hélio Paraíba tecnicamente é inferior a Rodrigo Rodrigues.

Time de Ranielle Ribeiro teve no segundo tempo um pênalti mal cobrado e desperdiçado pelo estreante Hélio Paraíba.

Um primeiro tempo muito ruim do ABC e o que chamou atenção mais uma vez foi o baixo rendimento de Mossoró, que na estreia já deixou uma impressão ruim. Outro que foi mal foi  Anderson Rosa, que desequilibrou contra o Náutico no Frasqueirão.

Setor de criação do ABC na etapa inicial foi completamente nulo, ficando o atacante de área, Hélio Paraíba completamente isolado. Ele é o tipo de jogador que precisa de jogadas de fundo, já que joga sempre enfiado entre os zagueiros.

Leia também:

Santa Cruz estreia na Série D jogando na Arena das Dunas

O Altos, de Estevam Soares tem sérias limitações, mas foi eficiente na finalização, marcando o gol de cabeça com Kaike. O Altos é um time limitadíssimo, mas vem para Natal com a vantagem do empate, vai dificultar a vida do ABC dentro de casa.

Foi no segundo tempo que o ABC teve um maior volume de jogo e de oportunidades, conseguiu se impor mais, embora tenha repetido a falta de uma maior qualidade e criatividade, e agora no “segundo tempo” dia 8 no Frasqueirão.

Vira a chave

Agora, o ABC que venceu o Náutico por 2 a 0  na abertura do Brasileiro ,  tem o Treze no Amigão, domingo que vem, quatro da tarde pela segunda rodada da Série C.

Demissão de Bira Lopes e o Sub-23 do ABC

Bira foi treinador do Potiguar de Mossoró e do Corintians de Caicó. Estava coordenado um trabalho com jogadores Sub-23, um projeto quase “secreto” montado pelo presidente Fernando Suassuna.

Recentemente Bira Lopes foi demitido depois de uma reunião, Suassuna não teve outra saída que não fosse a demissão de Bira, que segundo contam as pedras do Frasqueirão ” estava articulando a queda de Ranielle Ribeiro para trazer Oliveira Canindé e Bira seria o auxiliar técnico dele” garantiu ao blog uma fonte de confiança.

O clima entre Sub-23 e time profissional que em tese deveria trabalhar em conjunto, chegou ao ponto de Ranielle Ribeiro, vetar a presença de Bira Lopes nos treinos do profissional.

É estranho o trabalho com o sub-23 que é desenvolvido pelo ABC, sem divulgação, com empresários envolvidos no trabalho, com jogadores alojados em pousada em Ponta Negra e quase, repito, feito com um sigilo que chama atenção.

Antes do fechamento do post, tentei falar com Fernando Suassuna, enviei mensagem de WhattsApp e aguardo a versão dele para os fatos aqui narrados, e repito, que partiram de fonte relevante.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: