O portal do Sistema Opinião

POP9

Esportes

rn

Em jogo pobre tecnicamente, ABC e América ficam no empate sem gols no Frasqueirão

Tecnicamente muito ruim o clássico terminou sem gols. Decisão ficou para dia 24 na Arena das Dunas

Abril 17, 2019 às 23:37 - Por:

É a imagem que define o clássico ABC x América que terminou sem gols no Frasqueirão. Decisão fica para dia 27 na Arena das Dunas. Foto: Bola Murcha

É a imagem que define o clássico ABC x América que terminou sem gols no Frasqueirão. Decisão fica para dia 27 na Arena das Dunas. Foto: Bola Murcha

Muito ruim a etapa inicial de ABC x América, no primeiro clássico decisivo do Estadual. Passes errados, sem criação de meio de lado a lado, e no aspecto de finalizações, horríveis as duas equipes. Uma das poucas  – o a única – que o América teve, Adriano Pardal com excesso de individualismo, ao invés de soltar para Hiltinho que estava melhor posicionado, desperdiçou a boa chance rubra.

O ABC teve uma jogada com Wanderson na área sem grande perigo e um lance onde reclamaram de um pênalti em cima de Rodrigo Rodrigues, ignorado pelo árbitro.

Pobre o primeiro tempo. América com um pouco mais de jogadas abertas, pelos lados do campo, e ABC com dificuldade para sair e os dois com capacidade de finalização abaixo da média

Qualidade! Faltou qualidade nos dois times no primeiro tempo, é o melhor resumo dos 47 minutos iniciais do clássico. No ABC, Éder e Xavier muito mal, no América, mais uma vez Roger Gaúcho não apareceu no jogo.

Leia também:

Investimento do SBT na Copa do Nordeste  derrubou novelas da Globo

Segundo tempo a mesma pegada de um jogo sem qualidade de lado a lado, sem condições de destacar quem tenha aparecido melhor na partida.

De quem se esperava pelo lado do América, atuações pífias, casos de Hiltinho e  Xavier, Roger Gaúcho. No ABC, impressiona o pouco futebol de Éder, Wanderson hoje muito mal, Neto não acrescentou absolutamente nada.

Foi aos 48 minutos, já nos acréscimos que apareceu a “bola” do jogo, quando Anderson foi lançado livre de marcação e Ewerton fez uma grande defesa, e ali garantiu o empate.

O ABC  perdeu o volante Valdemir expulso por falta cometida em cima de Hiltinho, e ainda assim o América não teve competência.

Um dos piores clássicos ABC e América dos últimos anos. Lamentável e preocupante.

Cenas lamentáveis

Jogo tecnicamente muito ruim e terminou pior ainda, com um entrevero entre Edson e Leandro Melo. Foi preciso intervenção da PM para conter os ânimos dentro de campo e fora para conter a torcida do América.

Não jogaram nada e fecharam com um papelão o primeiro clássico.

Como os treinadores analisaram o jogo e o empate sem gols

Moacir Júnior, treinador do América: ” Um jogo bem jogado, muito satisfeito aqui com uma aula de arbitragem. Não teve um lance para contestar da arbitragem e agora é trabalhar. Quando ficamos com a superioridade botamos mais um atacante para tentar fura o bloqueio deles, mas o resultado acabou sendo justo. O Vinicius fez um grande jogo, o Diego era mais opção tática. Tivemos três ausências mas deu para ver que o grupo estava bem trabalhado. Vamos fazer mais um jogo bom e terminar com vitória que é o nosso objetivo. O América entrou melhor que o ABC, entrou dando as cartas aqui dentro. O time que jogou hoje é o mesmo time que jogou lá em Sobradinho, de diferente daquele time, só o Leandro Melo e o Roger Gaúcho, e o time está de parabéns pela evolução”.

Ranielle Ribeiro, treinador do ABC: ” Se quisermos o título precisamos mudar muito. Foi um jogo muito abaixo o nosso, se quisermos o título temos que fazer um jogo diferente lá na Arena. Quando fiquei com um a menos que eu consegui anular o América e criei a melhor oportunidade com Anderson. Não quero creditar na conta de ninguém o resultado mas quem quer ser campeão não pode perder um gol daqueles. Eu não podia ter perdido a oportunidade de criar uma vantagem dentro de casa, agora é fazer um jogo bem diferente e melhor do que fizemos hoje”.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: