O portal do Sistema Opinião

POP9

Violência

rn

Confronto entre torcidas organizadas após eliminação do América na Série D

“Torcedores” de uma facção organizada tentaram invadir vestiário do América no estádio Valfredão, provocando pânico

julho 7, 2019 às 21:47 - Por:

O domingo que marcou a eliminação do América na Série D, no estádio Eliel Martins, o Valfredão em Riachão do Jacuipe, também foi marcado  pela violência de facções de torcidas organizadas.

Quando terminou Jacuipense 1 x 0 América, alguns integrantes da TMV invadiram o gramado para roubar uma faixa da torcida dos donos da casa, o que provocou um corre-corre e confronto.

O repórter Dionisio Outeda, da Rádio 98FM, a única emissora de Natal presente no estádio, estava no vestiário do América esperando pela coletiva do treinador Moacir Júnior, quando os marginais – é isso que são – tentaram invadir o vestiário do América.

Leia também

América perde para Jacuipense e segue mais um ano na Série D

A violência das torcidas organizadas é um problema recorrente e muito sério no futebol e não é privilégio do Rio Grande do Norte, é uma triste e preocupante realidade no Brasil.

Mas o que eu ainda me surpreendo – não deveria mais – é com o apoio que muitos dirigentes dão para as organizadas, para aquelas reconhecidamente envolvida em ações criminosas e histórico de violência.

Claro que existem torcidas organizadas do “bem” que ajudam o time, que incentivam, que torcem, que participam.

Mas os caras que estavam armados  no Valfredão, os caras que invadiram o campo para roubar uma bandeira, que tentaram invadir o vestiário do América, que jogaram paus e pedras contra a PM e seguranças, são tudo o que o leitor imaginar, menos torcedores de futebol.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: