O portal do Sistema Opinião

POP9

Esportes

rn

Assuense Paulo Ricardo conquista a medalha de bronze no Mundial de taekwondo

Com 22 anos e estreando em campeonatos mundiais, Paulo Ricardo Melo venceu as quatro primeiras lutas até chegar à semifinal, contra Jun Seo Bae, e garantir a medalha de bronze.

Maio 17, 2019 às 11:05 - Por:

Assusense conquista bronze no Mundial de taekwondo. Foto: Foto:Satiro Sodré/SSPress/CBTKD

Assusense conquista bronze no Mundial de taekwondo. Foto: Foto:Satiro Sodré/SSPress/CBTKD

O assuense Paulo Ricardo de Melo conquistou a medalha de bronze, da categoria até 54 quilos, e escreveu de vez seu nome na história do esporte brasileiro. A Arena Manchester, na Inglaterra, foi o palco da 15ª medalha do Brasil em campeonatos mundiais, conquistada nesta quinta-feira, dia 16/5. Com 22 anos e estreando em campeonatos mundiais, Paulo Ricardo Melo venceu as quatro primeiras lutas até chegar à semifinal, contra Jun Seo Bae, e garantir a medalha de bronze.

Não venci na semifinal, mas estou muito feliz com essa medalha, em minha primeira participação no mundial. Agradeço todos que torcem pelo meu sucesso e a Confederação, por toda preparação que tivemos. A comissão técnica que não mede esforços pra conquistarmos os melhores resultados. Dedico essa medalha especialmente a minha mãe, Maria Neide, e minha irmã, Paula Crisitina, que inclusive está fazendo aniversário hoje. Assim como ao trabalho do meu professor Fábio Lourenço e a torcida que acompanhou todos os momentos.

Leia também:

Moacir Júnior e o América para enfrentar o Bahia de Feira na Arena das Dunas

Nascido em Assú, onde treina e mora até hoje, Paulo Ricardo iniciou na modalidade em 2009, no projeto social “Projovem”, com o  treinador Fabio Lourenço, que comentou sobre o início do trabalho dos dois.

“O projeto era voltado para ações socioeducativas e depois de seu destaque levei-o ao Projeto Taekwondo Escola da Associação, equipe de alto rendimento de nossa cidade. No inicio, sua movimentação e velocidade se destacavam, mas tinha muita agressividade e tivemos que moldar. Paulo é um guerreiro, andava quilômetros para buscar patrocínios para suas viagens. Filho de pais separados, morava em bairro de alta vulnerabilidade e de pessoas humildes. Foram anos de trabalho para alcançarmos este resultado, que era uma de nossas metas e sonhos. Me sinto muito realizado”.

Tatutomsports

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: