O portal do Sistema Opinião

POP9

Dever de casa

rn

América joga em casa o “primeiro tempo” contra a Jacuipense

Estádio Valfredão, a casa da Jacuipense para o segundo jogo do mata-mata; América tem que fazer resultado na Arena

junho 25, 2019 às 11:51 - Por:

Estádio Valfredão, a casa da Jacuipense para o segundo jogo do mata-mata. Foto: Divulgação

Estádio Valfredão, a casa da Jacuipense para o segundo jogo do mata-mata. Foto: Divulgação

Depois de duas eliminações jogando como mandante na fase de mata-mata, o América inverte a situação neste ano, e vai fazer o primeiro jogo contra a Jacuipense na Arena das Dunas e depois fecha no Valfredão, em Riachão do Jacuípe.

Penso que pelo momento que o América está vivendo, pela qualidade do elenco, pela solidez do trabalho de Moacir Júnior, com o grupo fechado e um bom vestiário, fazer o primeiro jogo dentro de casa, é um ponto favorável para os rubros.

Leia também:

Cabe agora ao treinador Moacir Júnior montar uma estratégia inteligente para que ele possa administrar os 180 minutos contra os baianos. Jogar no Valfredão é sim um complicador, desde que o América não consiga fazer um resultado consistente em casa.

A grande decisão para o América vai ser no domingo. É neste jogo que o time de Moacir Júnior tem que se impor, tem que pressionar, acuar o adversário para chegar no dia 7 no interior baiano, sem pressão.

Desfalque e retorno

Roger Gaúcho que fez um bom jogo contra o América de Pernambuco na Arena das Dunas, não joga contra a Jacuipense, suspenso pelo terceiro. Substituição natural é com Hiltinho entrando no setor. Kaike que ficou fora no jogo passado retorna para a ala esquerda.

Campanhas semelhantes

O América somou na primeira fase do Brasileiro, 14 pontos, quatro vitórias e dois empates. Marcou 20 e sofreu apenas 1 gol.

A Jacuipense fez 15 pontos, cinco vitórias e uma derrota. Ataque baiano marcou  11 gols e sofreu apenas dois.

E é pela paridade nas campanhas insisto que fazer o primeiro jogo na Arena das Dunas, é uma situação importantíssima para o América.

É ter tranquilidade, inteligência e manter o nível de competência para jogar no Valfredão com o regulamento debaixo do braço e voltar para casa mais perto da Série C.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: