O portal do Sistema Opinião

POP9

Trauma

al

Padrasto que estuprava enteada há sete anos tem prisão decretada

Homem misturava medicamento na água da vítima para dopá-la e cometer os abusos sexuais

agosto 13, 2019 às 19:16 - Por: Redação OP9

Foto: Alexas_Fotos / Pixabay

Foto: Alexas_Fotos / Pixabay

Um homem de 25 anos teve a prisão preventiva decretada pela Justiça de Alagoas nesta terça-feira (13). Ele confessou ter abusado todos os dias da sua enteada, durante sete anos. Hoje a menina tem 15 anos.

O homem foi preso na segunda-feira (12) no Conjunto Selma Bandeira, no bairro Benedito Bentes, parte alta de Maceió, depois que a polícia recebeu denúncias. O suspeito confessou o crime na delegacia e após audiência de custódia nesta terça, foi levado para o Sistema Prisional onde deve aguardar julgamento.

A adolescente contou para os conselheiros tutelares que atenderam o caso que o padrasto misturava remédio com água para dopá-la. A última vez que a menina foi estuprada foi no domingo (11), Dia dos Pais, porém, o efeito do remédio estaria durante até hoje. A vítima estava fraca e sonolenta.

Testemunhas disseram que o padrasto agia de forma violenta com a adolescente.

Mãe proibida de ficar com os filhos

Além da adolescente, um irmão de 12 anos da menina foi levado para a casa de uma tia. A mães dos menores está proibida de levar os filhos para casa. O menino informou aos conselheiros que também sofria maus-tratos do padrasto. O pai biológico mora na cidade de Vitória de Santo Antão, em Pernambuco.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: