O portal do Sistema Opinião

POP9

Riscos

al

Modelo alerta mulheres após sofrer queimaduras em clínica de estética

Alagoana ficou com as pernas marcadas por queimaduras de 2º grau e afirma que pode levar dois anos até voltar a trabalhar normalmente

setembro 8, 2019 às 14:56 - Por: Redação OP9

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Dois meses depois de passar por um procedimento estético que resultou em queimaduras de 2º grau, uma modelo alagoana expôs o caso nas redes sociais para alertar outras mulheres que buscam clínicas de estética. Na publicação, Laura Cavalcante afirmou que chegou a correr risco de morte e de contrair infecção.

Em um texto na página do Instagram dela, a modelo inicia o alerta na escolha de uma clínica para fazer procedimentos estéticos, mesmo que ela tenha sido divulgada por blogueiros. O alerta se dirige, especialmente, às mulheres negras, assim como ela.

A modelo conta que, mesmo não tendo nada no corpo que a incomodava, a convite da clínica, que fica em Maceió, ela aceitou fazer fotodepilação na parte posterior da coxa para divulgar o serviço. “O resultado foi esse: queimaduras de 2º grau e risco iminente de morte e infecção pela ausência de primeiros socorros adequados”, relata.

Laura cavalcante, que também é surfista, disse que durante o procedimento começou a sentir uma “dor insuportável” e que por isso se “contorcia a cada disparada da máquina”. “Ao final do procedimento, comecei a me tremer demais. […] Fui informada por duas funcionárias que minha tremedeira se tratava de frio e nervosismo pela dor”, conta.

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Em seu relato, a modelo deixa claro que houve falta de preparo antes, durante e após a fotodepilação. As queimaduras, segundo Laura, chegaram a ser confundidas pelos profissionais da clínica, com alergia.

“Depois descobri que, pela profundidade e ausência de encaminhamento imediato ao hospital, meu corpo estava perdendo muito calor para o meio e a tremedeira estava anunciando um choque iminente. […] Vi que as tentativas delas de parar minha dor só estavam aumentando a ardência e a minha tremedeira e calafrios estavam aumentando também. Ninguém da clínica me disse que eu estava queimada e precisava ser socorrida imediatamente, disseram que o médico provavelmente passaria um antialérgico, pois se tratava de alergia.

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

O caso se tornou público três semanas depois da modelo ser submetida à técnica. Por questões jurídicas, Laura não divulgou o nome da clínica. Ela afirma que, neste período, não conseguia sentar, sentia dores, irritação e angústia, porque teve o trabalho de modelo prejudicado, acarretando em mudança de vida e rotina. Segundo ela, as queimaduras irão interferir na carreira de modelo em pelo menos dois anos, quando a situação deverá ser normalizada.

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Modelo teve queimaduras de 2º grau em clínica de estética. Foto: Instagram/ arquivo pessoal

Luana agora tenta alertar mulheres que queiram realizar procedimentos estéticos. Para isso, ela lista oito dicas.

  1.  Fotodepilação não se faz em pele negra
  2.  Não acreditem na excelência de uma clínica só porque blogueiras vão nela
  3.  Procurem saber se a clínica é multiprofissional e está preparada para fazer uma avaliação adequada e primeiros socorros adequados
  4. Atentem-se para a necessidade de realmente fazer procedimentos tão invasivos
  5. Não sejam inocentes de acreditar que terão os danos reparados amigavelmente. Sua vida só vai valer se você for uma ameaça para o negócio. Se você for uma pessoa ética, que não poste causando nas redes sociais assim que acontece, serão raros os que irão arcar de forma justa com as consequências. Só querem gastar o que não for pesar no bolso mesmo que você vá passar dois até ter sua vida normal de volta
  6. Pessoas negras, não vão onde suas peles serão tratadas estruturalmente como brancas. Procurem especialistas
  7.  Não é porque no Instagram de uma empresa tem foto de mulher negra que ela vai saber se importar com os cuidados necessários
  8.  Quando algo nesse sentido acontecer, contrate advogados (as). A empresa tem a equipe jurídica dela pronta para tentar minimizar a situação. Você vai precisar de gente competente ao seu lado

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: