O portal do Sistema Opinião

POP9

Meio ambiente

al

Manchas de óleo na Lagoa do Pau impressionam banhistas

Moradores e turistas tentaram retirar o óleo com pás, enquanto os órgãos ambientais não chegam no local

outubro 6, 2019 às 14:19 - Por:

As manchas de óleo que atingem mais de 100 praias no Nordeste brasileiro chegaram em grande quantidade à praia da Lagoa do Pau,  em Coruripe, no Litoral Sul de Alagoas, na manhã deste domingo (6). Banhistas se impressionaram com o tamanho das manchas, que foram trazidas pela onda e se fixaram na areia da praia.

Leia também: 
Polícia Federal investigará manchas de óleo em praias do NE

De acordo com a guarda-vidas, Aparecida Falcão, ela e seus colegas perceberam que as manchas estavam sendo transportadas pelas ondas e orientaram que os banhistas saíssem da água e evitassem o contato com o óleo.

Os próprios banhistas, ao verem as manchas tomarem conta da areia da praia, pegaram pás para tentar limpar o local. O Instituto Biota confirmou a presença das manchas na região. No sábado (5), elas surgiram no Pontal do Peba, extremo do Litoral Sul de Alagoas, entretanto, em menos quantidade.

Segundo o Biota, as manchas na localidade preocupam porque as praias de Coruripe são principais pontos de desova de tartarugas no estado. O instituto recomenda que, quem flagrar a praia contaminada por óleo, envie fotos e vídeos, destacando o dia, a hora e o local (praia e cidade) do ocorrido para ajudar no monitoramento.

Os registros podem ser enviados para o número: (82) 9 91152944. O Biota também recomenda que se algum animal for encontrado contaminado, não o coloque novamente na água. O ideal é que acione os órgãos ambientais.

Uma equipe do Biota e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) estão se deslocando para Lagoa do Pau. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, em Alagoas, praias de cinco cidades alagoanas estão contaminadas com o óleo.

Os registros foram feitos nestas localidades: Coruripe, Roteiro, Maceió, Passos de Camaragibe e Paripueira. A Polícia Federal está investigando a origem do material.

Mariane Rodrigues

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: