O portal do Sistema Opinião

POP9

Trágico

al

Filho de alagoana espancada no Ceará morre de infarto aos 13 anos

Criança foi deixada com a avó enquanto a mãe viajou até Fortaleza para encontrar um suposto namorado que conheceu pela internet

Fevereiro 20, 2019 às 15:19 - Por: Redação OP9

Gabriel sofreu um infarto ao saber do espancamento da mãe e não resistiu. Foto: Reprodução/Facebook

Gabriel sofreu um infarto ao saber do espancamento da mãe e não resistiu. Foto: Reprodução/Facebook

Ao saber que a mãe foi agredida em Fortaleza, capital do Ceará, um menino de 13 anos morreu depois de sofrer um infarto na cidade de Feira Grande, no Agreste de Alagoas, na terça-feira (19). Gabriel, como foi identificado, era uma pessoa com deficiência e foi deixado sob os cuidados da avó há cerca de 15 dias quando a mãe Rutiele Limeira da Silva, de 25 anos, resolveu viajar para encontrar um homem que conheceu nas redes sociais. A mulher virou notícia nos sites daquele estado depois de ser espancada e ter o rosto desfigurado por um morador de rua na última segunda-feira (18).

De acordo com as informações divulgadas pela mídia cearense, Rutiele Limeira teria sido enganada pelo suposto namorado e, sem dinheiro para voltar para Alagoas, acabou dormindo nas ruas de Fortaleza. Na noite em que foi agredida, a alagoana dormia em frente ao Terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé, no bairro de Fátima, quando foi atacada. O suspeito é conhecido na região como “Nêgo do Borel” e estaria incomodado com a presença da mulher naquele local.

Rutiele Limeira foi atingida por vários socos no rosto e ficou completamente desfigurada. Ela teve o nariz quebrado e sofreu vários cortes no rosto. O agressor fugiu do local e ainda não foi encontrado e nem punido pelo crime. A alagoana foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Ceará e levada para o Instituto Dr. José Frota (IJF).

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: