O portal do Sistema Opinião

POP9

Investigação

al

Ex-nora e um homem presos pelo assassinato de mulher na Gruta

Segundo a polícia, suspeitos do crime estudaram rotina da vítima e a mataram a tiros na manhã da terça-feira

outubro 9, 2019 às 09:53 - Por: Redação OP9

Vítima foi morta a tiros enquanto caminhava para o local de trabalho. Foto: Wadson Correia/TV Ponta Verde

Vítima foi morta a tiros enquanto caminhava para o local de trabalho. Foto: Wadson Correia/TV Ponta Verde

A ex-nora de Ana Paula Justino foi presa suspeita de envolvimento no assassinato dela que ocorreu na manhã da terça-feira (8), no bairro Gruta de Lourdes, na parte alta de Maceió.

Leia também:
Mulher é assassinada a tiros quando seguia para o trabalho
Disputa por imóvel teria motivado assassinato de mulher na Gruta

De acordo com o delegado Francisco Medson, que iniciou as investigações, Daniela Michaela Gonçalves, 25 anos, e Rosalino da Silva, 24, foram presos em flagrante ainda na noite da terça.

Segundo as investigações, o crime foi premeditado e a dupla conhecia os filhos da vítima, a mulher assassinada e a rotina dela. Uma terceira pessoa suspeita de participar do crime está foragida.

A principal linha de investigação, segundo o delegado Bruno Emílio, é a de que a ex-nora estava em processo de separação “muito conturbado” com um dos filhos de Ana Paula Justino. “A vítima não queria que o filho reatasse o relacionamento com a suspeita o que causou revolta da menina”, explica o delegado.

As investigações iniciais apontaram que o crime pode ter sido cometido por disputa de imóvel. Essa motivação também será apurada. Segundo a polícia, após ser presa, a dupla negou que tivesse cometido o crime, mas teria entrado em contradição.

De acordo com o delegado Bruno Emílio, a identidade do homem foragido ainda é desconhecida. Ele seria responsável por atirar na vítima. O foragido aparece em imagens de videomonitoramento saindo de um veículo siena de cor escura. Ele dá uma volta pela rua, depois retorna ao automóvel, pega uma arma de fogo e a coloca na cintura.

Rosalino, segundo a polícia, teria dado cobertura e seria o proprietário do veículo usado no crime. As investigações apontam ainda que a ex-nora pode ser a mandante do crime.

A vítima, que tinha 46 anos, foi morta com cinco tiros na cabeça, pescoço e costas, na Gruta de Lourdes, quando seguia para o trabalho. Ela tinha acabado de descer da moto do namorado e seguia a pé quando foi baleada. O carro foi encontrado à tarde em Rio Largo, Região Metropolitana de Maceió.

No dia 22 de setembro do ano passado, um dos filho de Ana Paula, identificado como Davi Christian Justino dos Santos, na época com 23 anos, foi assassinado a tiros e facadas, mas a polícia explica que as mortes não têm nenhuma relação.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: