O portal do Sistema Opinião

POP9

Feminicídio

al

Condenado a 21 anos de prisão homem que matou a mãe com faca peixeira

Fernando da Silva Alves cometeu o assassinato depois de ser repreendido pelo uso de drogas

Março 14, 2019 às 18:10 - Por: Redação OP9

Julgado por assassinar a mãe com uma faca peixeira em 2016, Fernando da Silva Alves foi condenado a 21 anos de prisão em regime fechado nesta quinta-feira (14). A decisão é do Tribunal do Júri da Comarca de São José da Laje e foi aplicada pelo juiz José Alberto Ramos.

Homem foi condenado por assassinar a mãe com uma faca peixeira. Arte: Dicom TJAL

Homem foi condenado por assassinar a mãe com uma faca peixeira. Arte: Dicom TJAL

O réu é acusado pelo Ministério Público do Estado (MPE) de assassinar Carmelita Virgulino da Silva por ter sido repreendido pela vítima. Ele era usuário de drogas e a mãe tentava afastá-lo do vício. No dia do crime, Fernando da Silva amolava a faca peixeira quando se aborreceu com a reclamação da mãe e a atacou, tirando sua vida.

O juiz José Alberto Ramos destacou durante o julgamento a frieza do homicídio. “O réu, mesmo após ter apunhalado fatalmente a própria mãe, não demonstrou nenhuma menção a efetuar algum socorro, tendo apenas procurado se evadir do local, tais circunstâncias demonstram insensibilidade além do normal, cabendo maior reprimenda estatal”, explicou o magistrado.

O crime ocorreu no Sítio Caldeirões, zona rural de São José da Laje, na Zona da Mata de Alagoas. A defesa do réu solicitou a instauração de incidente de insanidade mental, alegando dúvida quanto à sanidade de Fernando. O laudo médico pericial psiquiátrico concluiu que o denunciado tinha consciência do que estava fazendo no momento do crime. Ele foi julgado por homicídio duplamente qualificado (motivo fútil e feminicídio).

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: