O portal do Sistema Opinião

POP9

Maceió

al

Com sete anos de atraso, obras da Ecovia Norte são retomadas

Serviços estavam paralisados e foram reiniciados nesta segunda-feira (9). A nova estrada com seis quilômetros de extensão foi iniciada em 2010 e era para ter sido entregue em 2012

setembro 9, 2019 às 13:17 - Por: Redação OP9

Serviços da Ecovia Norte são reiniciados.Foto: Marco Antônio/ Prefeitura de Maceió

Serviços da Ecovia Norte são reiniciados.Foto: Marco Antônio/ Prefeitura de Maceió

As obras da Ecovia Norte, que deveriam ter sido entregues em 2012, foram retomadas nesta segunda-feira (9) depois de inúmeras paralisações. A nova estrada tem o objetivo de ligar os bairros da parte alta de Maceió – pelo Benedito Bentes-  ao Litoral Norte – por meio da Guaxuma -, para reduzir o fluxo de veículos nas principais avenidas de Maceió. A previsão de entrega, de acordo com a Prefeitura de Maceió, é para junho de 2020.

Leia também: 
Incra doa terreno e prefeitura deve continuar obra da Ecovia Norte

A última paralisação ocorreu por três anos. Isso causou transtornos à população que mora na localidade, como assaltos e até reclamações pelo excesso de poeira. O serviço de construção da nova estrada, que terá seis quilômetros de extensão ao término, foi iniciado em 2010, e a previsão inicial de entrega seria dois anos depois, em 2012.

Problemas burocráticos, inclusive com a aquisição de um terreno pertencente ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), prejudicaram a conclusão de uma das principais obras em andamento de Maceió.

“Quando assumimos em 2013, começamos a trabalhar para tornar essa obra viável. Na gestão anterior, houve uma desapropriação de uma área onde a obra não iria passar, gerando um transtorno muito grande. Agora estamos com toda a parte burocrática regularizada. É um acesso importantíssimo para a cidade de Maceió, que vai tirar fluxo da Via Expressa, Fernandes Lima e de outros trechos”, destacou o prefeito de Maceió, Rui Palmeira.

Para a construção dos 6 km de via foi necessário um investimento aproximado de R$ 22 milhões. O projeto, segundo a prefeitura, prevê uma pista dupla, de passeio e um canteiro central para um novo corretor de transporte.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: