O portal do Sistema Opinião

POP9

Decisão

al

Acusado de ameaçar secretária, vereador por Pilar volta para a prisão

Paulo Cavalcante Soares teria descumprido medidas cautelares que determinavam que ele mantivesse distância ou contato com Cecília Rocha

setembro 11, 2019 às 18:52 - Por: Redação OP9

Justiça determinou que vereador voltasse para a prisão por descumprir medidas cautelares. Arte: Dicom TJAL

Justiça determinou que vereador voltasse para a prisão por descumprir medidas cautelares. Arte: Dicom TJAL

Por descumprir medidas cautelares, o vereador por Pilar Paulo Cavalcante Soares, conhecido como “Paulinho Fofoca”, deve voltar para a prisão. A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) cassou nesta quarta-feira (11) a liminar que revogou a prisão do parlamentar, acusado de ameaçar e perseguir a secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas, Cecília Rocha.

“A prisão preventiva em análise se afigura fundamental para efetivar que um mal irremediável venha a ser cometido a qualquer momento”, afirmou o relator do processo, desembargador José Carlos Malta Marques.

De acordo com os autos do processo, Cecília Rocha, esposa do prefeito de Pilar, foi vítima de ofensas nas redes sociais proferidas pelo vereador. A secretária teria sido chamada de “desequilibrada” e perseguida durante evento no Pilar, cidade da Região Metropolitana de Maceió.

O desembargador José Carlos Malta ressaltou que contra “Paulinho Fofoca” existe mais de uma dezena de processos nos quais ele figura como autor de ofensas à honra alheia. Consta, por exemplo, ações de indenização por danos morais em juízos cíveis e persecuções criminais que tratam de crimes contra a honra e de ameaças.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: